Rose Mendes

Rose Mendes

Rose Mendes 660 757 institutozenzoyamamoto@gmail.com

Os anos 2016 e 2017 trouxeram-me grandes mudanças, dentre elas, demissão do trabalho, mudança de cidade, insegurança profissional e financeira e distanciamento de pessoas muito queridas. Enfim, muitos desafios do meu ponto de vista angustiante, provocando estresse e um sentimento grande de tristeza. Nestes períodos eu tomava muitos remédios, estava hipertensa, tomando 110mg de remédio por dia, muitos para dores e relaxantes musculares, remédios para gastrite, para dormir, dentre outros.

Como não sou uma pessoa que me entrego fácil para situações que podem levar-me à depressão, voltei para a querida cidade de São Carlos e procurei logo o aconchego do colo de pessoas amigas para buscar ajuda. Dentre estes, o Fernando Calzavara, a quem contei como estava me sentindo e da minha boa experiência com a prática de meditação e laia yoga vivenciada em Brasília, e que gostaria de buscar esta prática ou algo parecido em São Carlos. Ele imediatamente me falou do professor Yashiro Yamamoto e do seu trabalho na ONG Círculo de São Francisco com as práticas integrativas em saúde, com aplicação de Yuki, Reiki, Terapia Vibracional Integra-tiva, Shiatsu e fisioterapia, que eu deveria conhecer. Falou também da meditação que acontecia na casa do Professor.

Fiquei feliz com as informações, porque já conhecia o professor, fomos colegas de trabalho no governo do Prefeito Newton Lima em São Carlos. O professor sempre me foi muito querido, fiquei muito motivada em poder revê-lo e resgatar nossa amizade que estava distante por conta da minha mudança de cidade.

Consegui o contato telefônico dele, e desde então comecei a participar da meditação. Logo me engajei como voluntária na ONG Círculo de São Francisco. O Prof. Yashiro sempre fala que não acreditava na minha dedicação na meditação e também na ONG. Mas o surpreendi positiva-mente: não falto na meditação e toda sexta-feira às 10 horas lá estava eu na ONG. Foi aí que ele me convidou para fazer o curso Práticas Orientais de Saúde. Fiz o curso e, desde então, passeia praticar muitos dos ensinamentos de Zenzo Yamamoto transmitido pelo Professor Yashiro.

Pratico todos os dias ao acordar a respiração abdominal, exercícios para o pé, pescoço e para melhorar a visão, os alongamentos para coluna, nervo ciático e lordose; a conversa com o anjo da guarda e a prática da gratidão e do perdão. Na ONG, passei a aplicar o Yuki todas as sextas-feiras das 10h ao meio dia.

Nesta época estava trabalhando como secretária executiva à distância, o que me deixava muito angustiada porque ficava no escritório da minha casa em São Carlos e meu chefe em São Paulo, um grande desafio. Neste interim, consegui um trabalho temporário na África, e lá continuei prati-cando tudo, inclusive apliquei Yuki nos colegas de trabalho. Com esta dedicação, me sentia mais animada, forte, pronta para enfrentar os desafios que a cada dia eram diferentes. Entrei num grupo de corridas, voltei a andar de bicicleta, resgatei a alegria e o sorriso que sempre foi destacado pelos amigos.

Atualmente acordo todos os dias às 5h da manhã para fazer respiração abdominal e todos os demais exercícios já citados, estou em um trabalho que demanda muita energia e disposição, estou feliz e grata porque tenho certeza que a respiração abdominal me dá força e saúde para os desafios hora vivenciados.

Lembram que falei dos medicamentos? Pois é, atualmente não tomo mais nada, nem o de pressão arterial. Sinto-me um ser humano melhor e com muita disposição para a vida.

Nas quartas-feiras, dia que acontece a meditação tornei-me a gourmet de torta vegetariana. Faço-a com muito carinho, brincamos no grupo que meu passe de entrada na meditação é levar a torta.

Fiz também, o curso de Reiki no espaço Samadhl. Na conclusão do módulo 3B, tivemos como exercício prático o tratamento nos próprios alunos e pedi para ser uma das voluntárias. Durante o tratamento a Reikiana e médium Sabrina Iasi sentiu a presença de um espírito de luz os ajudando. Inicialmente ela disse que era um chinesinho e isto foi sentido também pela Reikiana Cinthia Merthen. Era razão do adiantado da hora e da necessidade de aprofundar um pouco mais no meu tratamento, Sabrina disse que este chinesinho estava falando que continuaria cuidando de mim, bastava eu fixar sempre os dedos da mão, o indicador e médio simultaneamente onde eu sentisse algum incômodo físico.

O mais incrível de tudo isto é que durante um dos cursos do professor Yashiro em que a Sabrina estava presente, ao ver a foto do Prof. Zenzo Yamamoto, logo disse que era aquele o chinesinho que ela viu durante meu tratamento. Peço licença à Sabrina para fazer esta referência, mas é que este fato além de me impactar trouxe-me uma reflexão que passo a compartilhar.

Considero-me disciplinada em algumas situações, com isto, a partir das recomendações do “chinesinho” ou do Prof. Zenzo Yamamoto, passei a aplicar em algumas situações a mentalização na imagem dele e colocar os dedos indicador e médio no local de incômodo. Tenho adquirido muito, muito êxito.

Por último, quero relatar mais um fato e uma reflexão.

O fato: tive um problema de ordem profissional, trazendo-me uma tensão e estresse grande. Resolvi que devia buscar dialogar com a pessoa envolvida, mas não sabia por onde começar. Parei, fiz respiração abdominal, coloquei os dois dedos no chakra frontal, mentalizei Zenzo Yamamoto e pedi para ele me ajudar com a sabedoria oriental qual postura adotar para iniciar o diálogo.

Ao iniciar a conversa, logo me veio em mente a palavra humildade, e foi por aí que enveredei o diálogo. Prontifiquei -me primeiramente em só ouvir; confesso que em outros momentos da minha vida jantais ouviria tudo que ouvi tão passivamente. Veio também em minha mente a seguinte frase: “E preciso que eu diminua para que o outro cresça”. Para mim isto é humildade.

A reflexão é: sou uma pessoa de fé, não estou praticando heresia alusiva a “milagres” de Zenzo Yamamoto, apenas acredito nos seus ensinamentos hoje reconhecidos pelo Ministério da Saúde como práticas integrativas em saúde, pratico-os e tenho sucesso nos resultados.

Quanto à aparição dele para a Reikiana e médium Sabrina Iasi, acredito na ajuda dos espíritos de luz e peço sempre ajuda deles, especialmente a Zenzo e minha mãe Nita que acredito serem espíritos de luz.